Michael Jackson e presidiários

Todos, em sã consciência, hão de concordar que presidiários devem ter alguma atividade além das vitais, dentro de um presídio, para (i) levarem uma vida digna, ainda que tenham cometido uma (ou mais) falta(s), (ii) não ficarem loucos e (iii) darem algo de útil para a sociedade de fora. Apesar de ser leigo no assunto, já vi projetos até legais desse naipe, como agricultura e tal. Não simpatizo muito com os de produção de artesanato e “coisinhas” desse tipo, mas talvez seja um preconceito.

Sempre dizem por aí que esporte e arte são ótimos mecanismos para promover bons valores em pessoas em algum tipo de decadência; acho bem verdade. Agora, esse exemplo achei demais: presidiários das Filipinas dando show com performance da coreografia de Thriller, do Michael Jackson! Sem palavras para descrever a emoção de assistir isso. Se a moçada no Brasil tivesse idéias parecidas de promover arte entre detentos, seria coisa linda de Deus.

Idéia roubada emprestada do blog “C:\Blah Blah Blog” (que nomezinho feio…). Apreciem.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s